Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Paulistanas’ Category

Pouca gente soube do lançamento da revista Época São Paulo. Há alguns dias, o Já nas bancas apresentou a campanha publicitária da revista e também entrevistou o jornalista Lira Neto, que assina reportagem sobre o assassinato do estudante de jornalismo da USP Rafael Fortes publicada na edição de lançamento. [Clique aqui para ler tudo o que esse blog já falou sobre Época São Paulo >>]

Para quem ainda não folheou Época São Paulo, nem entendeu muito bem do que se trata, o vídeo abaixo apresenta todas as seções da revista e os jornalistas responsáveis por cada uma delas. Por que ver? Porque Época São Paulo foi o principal lançamento do mercado editorial no mês de maio.

Read Full Post »

Entrevista: Lira Neto

Uma reportagem sobre o assassinato do estudante de jornalismo da USP Rafael Fortes é um dos destaques da edição de lançamento da Época São Paulo, que foi lançada na última semana de abril e será distribuída com a última edição do mês da revista Época sem custo adicional.

Conversei por e-mail com o jornalista Lira Neto, autor da matéria. Na entrevista, publicada no site de jornalismo da Faculdade Cásper Líbero, discutimos alguns aspectos dos bastidores da reportagem.

De princípio, familiares e amigos de Rafael e de Fabio Nanni se mostraram hesitantes em se abrir com um repórter a respeito do assunto. Foi necessário então ganhar a confiança das fontes, mostrar-lhes o enfoque que seria dado à pauta, enfim, convencê-los de que a realização daquela reportagem era uma forma de conceder à memória de Rafael – e ao próprio Fábio, por que não? – a oportunidade de ter sua história contada sem meias-verdades, sensacionalismos ou conclusões precipitadas.

Era preciso cautela e equilíbrio na hora de mostrar como a amizade mútua entre os dois rapazes foi se metamorfoseando em uma relação de dependência afetiva unilateral, como a camaradagem foi ganhando contornos de um quadro visivelmente obsessivo. A idéia nunca foi a de estereotipar o comportamento de Fábio. Muito menos o de julgá-lo pelas páginas da revista. Isso é tarefa da justiça.

A palavra “homossexualidade” não está presente em uma única linha do texto. Não porque eu tenha evitado usá-la propositalmente, por alguma espécie de pudor ou preconceito. Mas sim porque acho que o que levou Fábio a matar Rafael é algo de natureza muito mais densa e mais complexa do que simplesmente um amor que não ousava dizer o nome. Penso que a reportagem, em seu conjunto, aponta exatamente para isso.

Clique aqui para ler a entrevista na íntegra.

Read Full Post »

As campanhas publicitárias feitas para o lançamento da Época São Paulo me dispensam de apresentá-la ao leitor que ainda não sabia da existência da revista. Clique aqui para ler um bom texto sobre o lançamento da revista:

“Não havia modelos locais para o que queríamos fazer. As revistas americanas de cidade estão numa liga à parte em todos os fundamentos: capa, textos, pautas, design, fotos de pessoas e de comida. A inspiração estava lá. Este, olhadas as coisas em retrospectiva, foi o passo essencial”, constata Paulo Nogueira, diretor editorial da Editora Globo.

Com 248 páginas e tiragem inicial de 140 mil exemplares, a revista trará, em sua primeira edição, matérias relacionadas a seção “Marco-Zero”, com destaques para o “Vá a Pé”, que apresenta rota de lugares para serem visitados sem o automóvel, e “Bichos”, com informações sobre animais de estimação numa cidade em que o número de pet shops supera o de drogarias.

Read Full Post »