Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Veja’

A The New Yorker dessa semana traz uma extensa reportagem sobre Hugo Chavez, “o herdeiro de Fidel”, assinada pelo jornalista Jon Lee Anderson. Um trabalho de ourives: em entrevista concedida à revista colombiana Cambio em janeiro desse ano, Anderson estava escrevendo a reportagem que só chegou aos leitores agora, em meados de junho.

Anderson é um dos principais colaboradores da revista, em que escreve sobre política e conflitos internacionais. Além disso, é o autor de “Che Guevara: uma vida em vermelho”, biografia do líder revolucionário editada no Brasil pela Companhia das Letras.

É a primeira reportagem sobre a América Latina escrita por Anderson desde a troca de acusações entre ele e Diogo Schelp, editor de internacional da revista Veja, iniciada após a semanal brasileira estampar na capa a matéria “Che – A farsa do herói”.

A revista Veja com Che na capa apareceu nas bancas em 29 de setembro de 2007. No dia 23 de outubro, Jon Lee Anderson enviou um e-mail à redação de Veja e a outros jornalistas brasileiros, entre eles Pedro Dória, de O Estado de S. Paulo, que tornou a carta pública em seu blog: (mais…)

Anúncios

Read Full Post »

1 x 1. Nessa semana, CartaCapital deu um Ctrl+C, Ctrl+V numa capa da Veja do início de abril. Para compensar, a Revista da Semana requentou a capa da CartaCapital da semana passada.

Veja, 2 de abril de 2008.
CartaCapital, nessa semana.

 

CartaCapital, 30 de maio de 2008.
Revista da Semana, nessa semana.

Read Full Post »

A revista Veja traduziu com humor uma nova figura política que ganha cada vez mais espaço no cenário político nacional: políticos que buscam ocupar o ninho sobre o qual Lula descansa suas asas. Eles são os petanos (ou tucapetas, se a mutação for perversa).

Quem melhor traduz esse híbrido petista-tucano é Márcio Lacerda, candidato à Prefeitura de Belo Horizonte (MG). Acusado de ser um dos beneficiários do mensalão, Márcio não tem apenas a tutela de Aécio Neves (PSDB, governador de MG) e Fernando Pimentel (PT, prefeito de BH). Ele também é muito próximo de Ciro Gomes.

Embora evite tirar conclusões precipitadas, Veja deixa no ar uma importante pergunta: Aécio Neves e Ciro Gomes estão no mesmo saco? A revista deveria buscar a resposta.

A alta popularidade do governo Lula, a falta de densidade da oposição e a perseguição incessante do poder estão produzindo um novo protótipo de político. Ele não é petista, mas admira algumas características dos petistas. Também não é tucano, mas elogia as virtudes do PSDB. Manipulando os genes do que supostamente existe de melhor nos dois principais partidos do país, está nascendo o petano – criatura que não é uma coisa nem outra, mas surge para tentar representar as duas. O primeiro exemplar da série chama-se Márcio Lacerda, um ex-militante de uma organização guerrilheira comunista. Hoje milionário e convertido ao capitalismo, ele será lançado por petistas e tucanos como candidato a prefeito de Belo Horizonte, em uma experiência inédita que vai servir de laboratório para vôos mais ambiciosos em 2010. Embora seja um processo ainda restrito ao universo político mineiro, é bom prestar atenção na novidade. Tanto no PT como no PSDB há simpatizantes da hipótese de união entre os dois partidos para, quem sabe, apoiarem juntos um candidato de consenso à sucessão do presidente Lula. Como é improvável, ao menos agora, que um petista se agarre a um tucano e vice-versa, um petano pode ser a solução para acabar com os constrangimentos. Se der chabu, a experiência poderá, é claro, produzir um bicho menos benigno, o tucapeta. (mais…)

Read Full Post »

No último fim de semana, Veja trouxe a público o politicômetro, ferramenta que classifica o leitor como sendo de direita ou de esquerda e liberal ou antiliberal após responder um questionário de 20 perguntas.

Já nas Bancas colocou duas revistas semanais no politicômetro: Veja e Carta Capital. Abaixo, o resultado de cada uma delas.
 

VEJA

CARTA CAPITAL

 

E você, leitor, tem mais a ver com qual das revistas? Concorda com o resultado? CLIQUE AQUI para fazer o teste do politicômetro.

Read Full Post »

Notas de cem



Há quanto tempo você não vê uma nota de cem? Pois quem for às bancas nesse fim de semana verá notas de cem nas capas da Veja, da Época e da Istoé. Uma na da Veja, três na da Época e um punhado delas na da Istoé.

Não é a única semelhança entre elas: todas foram visivelmente prejudicadas por uma semana sem graça nenhuma. Assim como as capas, são raras as matérias que fazem referência a algum episódio ocorrido durante a semana. Nem as estréias do cinema ajudam: Veja destacou apenas um filme, inglês e sem nenhum nome conhecido no elenco.

As revistas dessa semana não foram feitas para chamar a atenção nas bancas. São edições para assinantes. Que os próximos sete dias sejam mais agitados!

Read Full Post »

O politicômetro

Você é de esquerda ou de direita? É liberal ou antiliberal? Para ter a resposta, é só responder as 20 perguntas do politicômetro, ferramenta criada pela revista Veja toma como base o recém-lançado “A Cabeça do Eleitor”, nova empreitada do sociólogo Alberto Carlos Almeida, que em seu best-seller anterior tentou decifrar a cabeça do brasileiro.

Melhor do que fazer a resenha de um novo livro é criar um teste em que você praticamente simula a maneira com que o autor obteve sua base de dados e de onde tirou suas conclusões.

“A Cabeça do Eleitor” quer saber qual é a lógica que orienta a escolha de um candidato por parte do eleitor brasileiro? A conclusão a que chega Alberto Carlos Almeida é a de que o brasileiro vota a favor do governo ou do candidato do governo se considera que sua vida está boa ou melhorou. Resumindo: é um eleitor imediatista.

No livro anterior, “A Cabeça do Brasileiro”, os números, as tabelas, os gráficos trazidos pelo pesquisador eram muito mais interessantes do que as conclusões tiradas a partir desse banco de dados. A iniciativa de esmiuçar o perfil do eleitor brasileiro é louvável. O que interessa em “A Cabeça do Eleitor” e também no politicômetro são os resultados; as conclusões do autor no livro são bem menos importantes do que os números.

Read Full Post »

Consulte o especialista

Duas novidades comprovam uma tendência: as colunas de especialistas ganham cada vez mais espaço nas revistas semanais. Na Época, o professor de educação física Marcio Atalla (foto) responderá quinzenalmente dúvidas dos leitores sobre qualidade de vida. Atalla, que também é apresentador do programa BemStar na GNT, não é o primeiro “especialista” nas páginas da Época. Mauro Halfeld é o especialista em investimentos pessoais; Max Gehringer dá conselhos sobre empregos e vida profissional.

Embora a Veja não tem nenhuma coluna de especialista, a página da revista na internet também aposta nesse tipo de interação com o leitor. A partir dessa semana, Costa Machado, professor da Faculdade de Direito da USP, propõe um tema para que os leitores enviem dúvidas a serem respondidas toda quinta-feira. Costa Machado fará companhia a especialistas como Renato Dutra (coluna sobre corridas e maratonas), Geraldo Medeiros (obesidade) e Betty Milan (“consultório sentimental”).

Época sai na frente: concede aos especialistas a nobreza do papel, oferece aos leitores nomes mais conhecidos. Em Veja.com, os colunistas ainda estão escanteados e nunca freqüentam a versão impressa da revista. Resta saber por quanto tempo.

Read Full Post »